sábado, 30 de maio de 2009

Gente de Almada, Gente Que Viveu Almada

Monsenhor António Gonçalves Pedro, Director do Externato Frei Luís de Sousa de 1959 a 1969, foi o primeiro Reitor do Santuário de Cristo e por inerência Administrador do Santuário.
Nesse tempo o Santuário não pertencia a nenhuma freguesia. Tinha personalidade jurídica e dependia directamente do Prelado da Diocese.
Acumulava o cargo com o de vice-reitor do Seminário de Almada e tinha a designação de Beneficiado dentro da Igreja Católica.
Mais tarde ascendeu à categoria hierárquica de Cónego e depois passou a Monsenhor.
Foi Presidente do Conselho de Gerência da Rádio Renascença e Administrador Geral do Patriarcado.
Enquanto Director do Externato Frei Luís de Sousa foi Reitor do Seminário de Almada, disponibilizando a Quinta do Seminário aos alunos do Frei para lazer e aos fins de semana o Campo de Futebol do Seminário, que os alunos usavam nas tardes de sábado em animadas, amigáveis e salutares partidas de futebol.
Deixou Almada para ocupar o cargo de Pároco na freguesia de Santa Maria de Belém, sucedendo ao Padre Felicidade Alves.
Foi Pároco na Sé de Lisboa e na Igreja da Madalena, última paróquia onde serviu. Vivia então na Rua da Padaria.
Era natural de Abrantes. Foi ordenado Padre em 1945.
Faleceu em Lisboa, de doença cardíaca aos 81 anos, em 10 de Junho de 2002.

sábado, 23 de maio de 2009

Coisas de Almada e de Gente Que Viveu Almada


para aumentar e ler, clicar no documento
Em edição especial do "Jornal de Almada" (Jornal extinto recentemente) Ano V 17 da Maio de 1959, de que era Director Editor e Proprietário o Padre Manuel Marques (falecido), foi publicada a lista das Comissões constituídas para as festas da inauguração do Monumento a Cristo Rei.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Coisas de Almada e de Gente de Almada

para ler clique na imagem

almaDalmada é citado no livro "Notáveis Messinenses-Vivências e Contributos", pela modesta contribuição com alguns dados biográficos e referências sobre o ilustre almadense e homem bom, o cooperativista e anarquista José Correia Pires (num post deste blog), natural de S. Bartolomeu de Messines, que viveu desde 1945 em Almada, onde morreu a 28 de Outubro de 1976. Foi sepultado no Cemitério de S. Paulo, Almada e tem uma rua com seu nome na Freguesia do Pragal.

Este livro publicado pela Junta de Freguesia de S. Bartolomeu de Messines é resultado do trabalho de investigação de uma equipa que integrou o Engº Aurélio Nuno Cabrita, investigador de história local e regional.

A biografia de José Correia Pires foi escrita pela historiadora Irene Flunser Pimentel (Prémio Pessoa 2007).

Maria Emília de Sousa, também vem referenciada neste livro por ser natural da freguesia.

Para consultar o livro acesse: http://sb-messines.com/messines/default.aspx

terça-feira, 12 de maio de 2009

Coisas de Almada e de Gente de Almada

O Prof. Marcelo Caetano em Almada, acompanhado do Dr. Elmano Alves, Presidente da Comissão Distrital da União Nacional/Acção Nacional Popular e do Dr. Manuel Rosado Caldeira Pais, mui digno Professor de História e Filosofia na Escola Técnica Emídio Navarro e no Externato Frei Luís de Sousa, onde também foi Director dos Cursos Nocturnos.
O Dr. Elmano Alves é residente no Distrito de Setúbal.
O Dr. Manuel Rosado Caldeira Pais, foi Vice-Presidente da Câmara Municipal de Almada, quando era Presidente o Dr. Serafim Silveira Júnior, (que veio substituir o Dr. José Valeriano da Glória Pacheco) sucedendo depois ao Dr. Serafim Silveira Júnior na Presidência da Câmara em Março de 1974.
Foi portanto o último Presidente da Câmara Municipal de Almada antes de 25 de Abril de 1974.
Dizem-nos que esta foto foi obtida na Escola D. António da Costa, quando da realização de um Encontro Político da então Acção Nacional Popular.