sexta-feira, 31 de julho de 2009

Coisas de Almada e de Gente de Almada

A Casa da Coroa em foto do Jornal de Almada nº 2348 Ano XLII - 24 de Maio de 1996 e artigo de Manuel Lourenço Soares, que existiu na Costa de Caparica, demolida em 1996.
A Câmara Municipal de Almada pós 25 de Abril de 1974 não soube ou não teve interesse em preservar como património histórico da vila, hoje cidade e do concelho.
Segundo o JA :
"A denominada casa da coroa, antigo edifício, que se encontrava situado na Costa de Caparica nas imediações do mercado à beira da Rua dos Pescadores e que um dia albergou por horas o monarca D. João VI, foi agora demolida pelos serviços camarários segundo autorização do Instituto Português do Património Arquitectónico - IPPAR, devido ao estado de ruína e degradação a que se deixou chegar.
Esta casa construída, possivelmente em 1820, pelo mestre de redes José dos Santos, foi durante anos das poucas de alvenaria que existiram na Costa e por este factor e possivelmente outros, em 18 de de Junho de 1825, foi nela que aquele monarca comeu uma saborosa caldeirada feita por uma mulher de nome Maria do Rosário, também denominada pelo vulgo "Maria do Adrião.
Tempos depois , após a necessária solicitação, foi autorizado o seu proprietário a colocar numa das fachadas da casa as armas daquele rei, uma grande esfera armilar em pedra com o brasão português encimado pela coroa real e daí o passar a ser conhecida por "Casa da Coroa".
Foi "um bom serviço" prestado ao concelho pela comunista autarquia almadense.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Gente de Almada, Gente Que Viveu e Vive Almada

Em 24 de Maio de 1959, um grupo de "Putos" do Externato Frei Luís de Sousa pertencentes à Pré-JEC (Juventude Escolar Católica) que tinham a mania que sabiam jogar futebol e outros em traje menos atlético, com o orientador técnico e responsável sénior pelo grupo - o elemento único em 3ª fila.
O certo é que ocupavam normalmente as tardes de sábado em partidas de futebol e são convívio no campo de futebol e na Quinta do Seminário de Almada.
Destaque especial para o eterno guarda-redes em todas as partidas, Carlos António Rodrigues, "o Carlinhos", terceiro em pé, a contar da esquerda.